Por que nós mulheres nos sentimos tão cansadas e sobrecarregadas com tantas responsabilidades? Por que queremos o papel de Mulher-Maravilha?

A pressão é imposta pela sociedade, nossos pais e pelo mundo capitalista, para que sempre busquemos ‘ser a melhor em tudo que fazemos’, mas o que isso pode nos causar?

Essa sobrecarga não é pela quantidade de tarefas e sim pela autoexigência e autocobrança de querer ser sempre a melhor. É uma busca exaustiva, que vem acompanhada de culpa, pessimismo e incapacidade quando não realizamos o que programamos.

Carga mental

A sobrecarga de nós, mulheres, se dá pelo excesso de atividades ao coordenar a rotina. Desde acordar até ir dormir, envolvendo a responsabilidade de satisfação, saúde e bem-estar de outros (filhos, marido, chefe). É muito comum, por exemplo, que seja a mulher a primeira a levantar da cama e a última a ir dormir em uma casa, pois a noite tem que cuidar da roupa, dos estudos dos filhos, da refeição para o dia seguinte.

Mas apesar desse cansaço físico, a principal causa identificada como responsável de síndromes de estafa, estresse e depressão da mulher é resultado da pressão que os conceitos e tabus em torno do feminino causam há muito tempo na história, segundo a psicóloga Raquel Baldo para o site Minha Saúde.  

Como mudar?

Como mulheres e empreendedoras precisamos aprender a equilibrar. Sim, manter a saúde física, mental e ainda manter a qualidade de vida. É preciso sermos donas do nosso tempo, encontrar dentro de nós o que realmente nos deixa feliz e reconhecer nossas limitações.

Está tudo bem você agir dessa forma, pois quando você reconhece onde tem habilidades e onde não tem e precisa desenvolver, você vivencia e satisfaz os seus desejos, se libertando de crenças, medos e preconceitos que carrega.

A mulher como pessoa

Precisamos ter a chance de ser uma pessoa, um ser humano que existe e tem sentimentos e emoções. Quando nos colocamos em primeiro lugar, cuidamos do nosso corpo e mente,assim estaremos mais saudáveis e dispostas para cuidar das demais tarefas que julgamos importantes para nossa vida.